O fornecedor de serviços CityComp sofreu uma violação que resultou em dados de clientes que vazaram. Alguns dos clientes da empresa alemã incluem grandes nomes como Oracle, Volkswagen e Airbus.

Em um comunicado publicado no seu site oficial, CityComp admite publicamente que foi vítima de um “ataque cibernético direcionado” em algum momento do mês passado, e embora a empresa tenha se afastado dos hackers, os dados do cliente infelizmente vazaram.

“Um perpetrador ainda desconhecido roubou os dados do cliente da CITYCOMP e ameaçou a empresa com a publicação, caso ela não cumpra a tentativa de chantagem”, afirma a empresa.

Ele se recusou a pagar o resgate aos invasores e, com a ajuda de autoridades locais e especialistas em segurança de TI, conseguiu evitar o ataque e implementar salvaguardas mais fortes.

“Como o CITYCOMP não cumpre a chantagem, a publicação de dados de clientes não pode ser evitada”, continua o aviso. “Os dados roubados já foram publicados pelos perpetradores e os clientes do CITYCOMP foram informados sobre isso”.

A empresa diz que notificou as autoridades competentes de proteção de dados assim que soube da violação, oferecendo total transparência conforme exigido por lei.

“Como um prestador de serviços confiável e profissional, o CITYCOMP não cumpre a chantagem e trabalha com a polícia sempre que um crime foi cometido. Devido a este ataque cibernético, o CITYCOMP implementou medidas técnicas e organizacionais adicionais para aumentar sua segurança, a fim de que tal ataque não ocorra novamente no futuro ”, conclui a declaração.

Muitos dos clientes da CityComp estão localizados na União Europeia, o que significa que a empresa deve se preparar para o impacto do GDPR.

Conteúdo original disponível em: https://dereco.com.br/blog/f/provedor-de-servi%C3%A7os-recusa-pagar-resgate-e-dados-s%C3%A3o-expostos?fbclid=IwAR2dh0fz-xTFSbftjqxYjuU8kypyuMimb__BDGJOLzcFtWL0Ed4odi_Xfpo